26 de nov de 2009

Entrevista "Expressão" - Construir 127




Para navegar pela revista, clique na imagem para zoom e nas setas para virar de página.

Texto da entrevista na íntegra:

"Para ele, um projeto arquitetônico deve aliar sustentabilidade e tecnologia. Não é à toa que tem como referência profissionais com estilos ousados e que se preocupam com o meio ambiente, como o inglês Norman Foster, o italiano Renzo Piano, o chileno Mathias Klotz e o brasileiro Marcos Acayaba.

André Eisenlohr conta que em cada casa a ser projetada é primordial realizar um estudo de aproveitamento de energia e economia de recursos naturais. "Essa abordagem aumenta o conforto ambiental da edificação", adiciona.

Ainda segundo o profissional, a construção ideal deve ser energeticamente autosuficiente, feita com materiais de origem renovável e técnicas de captação, armazenamento e uso de energia natural, minimizando, assim, o impacto ambiental da obra e a utilização abusiva dos recursos provenientes da natureza.

Marca Registrada

As criações de Eisenlohr apresentam estilo rústico, acentuado pelo uso de madeira - material sustentável e versátil. Além disso, ele costuma combinar essas características com o conteporâneo,originando formas e estruturas inusitadas, aliadas ao respeito pela natureza. "Um diferencial do meu trabalho é o uso de técnicas construtivas experimentais e materiais alternativos, que influenciam na concepção da estrutura da construção."

Contudo, existem outros aspectos importantes a serem analisados durante o desenvolvimento de um projeto. Conhecer o estilo de vida e principais hábitos e desejos do cliente é, segundo ele, essencial para obra ser bem sucedida. "Dessa maneira, tenho as ferramentas para materializar o sonho do proprietário. Acredito que a residência deverá refletir sua personalidade de acordo com a criatividade do arquiteto."

Para finalizar, o profissional diz que a casa deve estar intimamente ligada às características do ambiente no qual se encontra. "Pora isso, topografia, clima, insolação, direção dos ventos, entre outros aspectos naturais, precisam ser aproveitados de maneira correta a fim de adaptar a moradia ao terreno e transforma-la em um local que acolha confortavelmente os moradores", completa.